terça-feira, 30 de agosto de 2016

Meus butiás caíram do bolso

Desde ontem de noite meus butiás estão caindo do bolso.
Para nós, aqui do Rio Grande do Sul, esta expressão é muito comum quando queremos dizer que estamos surpresos com algo.
Para quem não a conhecia, aqui está uma definição do que se trata.

Bem, tudo começou com a separação do William Bonner e da Fátima Bernardes.
Não temos absolutamente nada a ver com isto, separações acontecem, mas eles são celebridades e estávamos acostumados com o casal. Diz que já havia umas desconfianças de que o casamento não estava muito bem há tempos, mas eu não sabia de nada disto.
Então me pegou de surpresa ontem, antes de dormir.
Tomara que cada um encontre seu melhor caminho e fiquem bem.

Hoje de manhã, fui procurar a palavra crowdfunding na internet, para escrevê-la corretamente.
Deparo-me com um link sobre a Bel Pesce, falando que ela tentou angariar dinheiro para montar uma hamburgueria e não deu muito certo.
Mas também falava que as informações que temos sobre ela não são exatamente como nos chegam, havendo um certo exagero, uma certa maquiagem para tentar enaltecer fatos maiores e deixando detalhes importantes camuflados.
Ou seja, ela é (bem) mais teoria que prática, (bem) mais artista que alguém com a experiência que achamos que ela tem.
A partir daí, saber no que acreditar complica um pouco, mas nos dá pelo menos um alerta para analisarmos um pouquinho melhor a história de qualquer pessoa que apareça na mídia.
(Tinha escrito sobre ela em março, como podem ver aqui.)
E já há mais textos, na internet, sobre o mesmo assunto, como este aqui.

Enquanto tomava meu café da manhã, estava dando uma olhada no jornal e fiquei sabendo que a Fundação Iberê Camargo, por causa da crise econômica, passa a abrir somente às sextas e sábados.
Desde que construíram o prédio, sempre tive vontade de conhecer.
Acabei conseguindo ir, como contei aqui.
Foi lindo! Adorei ter ido lá, gostaria de morar mais perto para poder ir mais vezes.

Por último, ontem vi um pouco do processo de impeachment da Dilma na televisão.
Uma cena, que mostrava ela conversando com o Aécio Neves, chamou a atenção, pois seriam "rivais" ou "concorrentes". Ou, no mínimo, um querendo ver o outro fora do poder que ainda têm, mas a cena mostrava duas pessoas conversando numa boa, sorrindo.
Hoje, passando os olhos pelos posts dos meus amigos no Facebook, vi esta foto em que, além dos dois políticos já mencionados, juntava-se a eles o Ricardo Lewandowski, que é quem está presidindo as sessões do julgamento do impeachment.
Não parece que estão super relaxados, conversando entre amigos num intervalo de um evento qualquer?
Parece que quem postou foi Felipe Daroit e eis a legenda que colocou na foto:
"EM TEMPOS:
De ofensas nas redes socias por questões políticas e ideológicas. Para aqueles que brigam. Xingam. Destilam ódio. Rompem com familiares e amigos! Política é política, meus amigos. Não percam a saúde com isso!"

Muito pertinente, não? Isto me fez lembrar dos jogadores de futebol que jogam uns contra os outros, em campo, mas almoçam, jantam, curtem uma tarde de lazer juntos, como amigos.
Alheios a isto, quantas pessoas se matam, provocam violência, ficam de mal, têm raiva de pessoas que torcem para times opostos?
Pensem bem na próxima vez que saírem do sério por causa de qualquer coisa.

Que tudo isto sirva de lição: tudo muda o tempo todo, nem tudo é exatamente como parece ser, temos que aproveitar as coisas enquanto a temos ao nosso alcance, há brigas que não valem a pena entrar.

Obrigada por terem vindo até aqui. Namastê!

2 comentários:

  1. De nada... sou teu fã. É o que fazem os fans! bjo

    ResponderExcluir
  2. Que amor! Adorei! Muito obrigada! E eu sou tua fã! Beijos

    ResponderExcluir

Este comentário passa por moderação da autora do blog